A- A+ Imprimer Bookmark and Share

Características dos gases

Se deseja consultar as características dos gases, a Air Liquide disponibiliza à comunidade científica e educativa um resumo “on-line” dos dados mais relevantes na mini-enciclopédia dos gases.  

Também pode adquirir a enciclopédia completa ou consultá-la em papel na maioria das bibliotecas universitárias das faculdades de Ciências.  

Para procurar gases pelo seu nome...  

Para procurar gases por aplicação...

As classificações possíveis dos gases são diversas em função das características escolhidas:  

Pelo seu modo de produção ou extracção: Os gases do ar são extraídos da atmosfera que nos rodeia, face aos gases "químicos" produzidos mediante a síntese a partir de compostos químicos de base.  

Pela sua utilização: Os gases industriais, assim chamados porque se utilizam nas indústrias, e os gases não industriais, como o oxigénio, que se utiliza nos hospitais, e portanto para a saúde como gases medicinais.  

Pela sua composição e grau de pureza: Os gases puros compostos por um único componente e as misturas de gases formadas por vários gases.  

Pelas suas propriedades num processo de combustão: Os gases comburentes, que aceleram uma combustão, os gases combustíveis, que se inflamam directamente, e os gases neutros ou inertes, que não geram reacção alguma.  

Pelas suas propriedades biológicas nos seres humanos: Os gases para a vida: o principal gás nesta classificação é o oxigénio. Os gases neutros não são essenciais para a vida, e os tóxicos destruem-na.  

Pelas suas propriedades criogénicas: Gases criogénicos ou que se liquefazem a muita baixa temperatura, cujas propriedades permitem a utilização de “scanners” ou produção de imagens para diagnóstico médico, ímanes supercondutores, congelação de alimentos ou em processos industriais...  

Pelas suas aplicações científicas: gases que protegem face à oxidação, gases que aceleram a oxidação, gases com poder de acidificação, gases anestésicos, gases medicinais,...